1 post from day 30/01/2018

Carta ao meu futuro eu

Não é que eu esteja contando, mas já fazem 30 dias, 15 horas e vinte minutos que eu percebi que tudo é válido enquanto existir algo que nos conecta.  Nos acostumamos a manter as borboletas no armário, vivendo como um peixe fora d´água, esperando por sinais que transformem nossos dias, que nos tragam um futuro com gosto de presente, enquanto isso, servimos café para a saudade, e deixamos a dor ali, escolhendo o filme do sábado à noite, sem perceber que talvez, a sombra em forma de ...

Continue Lendo