Aquele sobre esperar um novo dia

Uma vez ouvi de uma garota: – você me trata tão bem, de uma maneira nunca fui tratada em toda a minha vida. E essa mesma garota tempos depois foi a que mais me machucou em toda a minha vida. Foi ai que percebi que cada um te oferece o que tem. Tempos depois ela me disse que conviver comigo a fez entender que ela pode ter relacionamentos saudáveis com pessoas que a tratam bem de verdade e isso a mudou. A dor que ela me causou só me deixou um pouco mais cauteloso, mas não me mudou, ainda prefiro tratar as pessoas ao meu redor de forma que elas se sintam especiais. Todos nós estamos enfrentando grandes conflitos em nossas vidas o tempo inteiro, então, ainda prefiro ser alguém que traz um pouco de alívio.

Não busco a irresponsabilidade das palavras apaixonadas nem os clichês equivocados. Não espero mais um encontro de almas, todas as vezes que isso aconteceu foi para resolver problemas e depois do encantamento do “reencontro” o que sobrou foi dor. Espero apenas um novo dia. Um dia novo, onde eu não precise explicar meus sentimentos e que seja possível apenas estar junto das pessoas que queremos bem, sem precisar procurar me encaixar.

É difícil fazer alguém acreditar que amar não é só uma ideia passageira. Que o que quero não é coisa de momento. Quero alguém pra estar lá amanhã e depois, não apenas essa noite. Existe uma diferença ser alguém que passa pela sua vida e alguém chega e fica ao seu lado. O mundo está cheio de pessoas te olhando por ai, interessadas na sua beleza e em prazer de uma noite, mas quantas delas olham nos seus olhos, ouvem o que você tem a dizer e se contagiam com seus sonhos? Podemos escolher que tipo de pessoa que queremos ser, eu prefiro ser aquele sonha com você e no dia seguinte escreve uma poesia sobre isso. Mas hoje em dia está cada vez mais difícil fazer parte de algo real. Quando foi que se apaixonar virou sinal de fraqueza?

Quem já viveu isso sabe o quanto é cansativo procurar a todo momento se encaixar ou se adaptar. Sabe a dor que causa perceber que a cada nova relação criada ou você “ama demais” ou “não ama o suficiente”. Parece que todas as relações precisam ser explicadas para não gerar confusões. Ou você é o insensível por não se entregar ou o coitadinho que se entrega demais. Quem nunca passou por algo assim? É no meio dessa bagunça que a gente acaba deixando de falar tanta coisa boa. É no meio dessa enxurrada de julgamentos que algumas coisas que poderiam ser incríveis se tornam comuns. É ver a felicidade morrer antes de nascer.

Me aprofundar em relações é entrar em constante conflito com minha defesa, é viajar no tempo a todo tempo, tentando colocar o passado no lugar dele enquanto o futuro treme de medo do que está por vir. É assumir que a outra pessoa ao menos esteja tentando fazer o mesmo, não esperando por um amor igual de comédia romântica ou uma tragédia romântica ao melhor estilo Nicholas Sparks, apenas alguém com disposição para estar por perto sempre que o coração pedir, que transforme a noite de terça num domingo à tarde, que consiga apenas estar ao lado, livre de bagagens e julgamentos. Alguém que se importe o suficiente para não responder a atenção recebida apenas com educação. No mundo dentro da minha cabeça, se apaixonar ainda é sinônimo de algo bom, mas no mundo real, depende. Ninguém merece receber dó do outro.

A solidão parece esperar que o amor venha quebrar essa maldição, mas o amor que chega já vem cansado. Já não tem mais vinte anos e sim, já se machucou o suficiente para colocar o pé na água antes de pular de cabeça, e essa necessidade de se preservar faz dos amores rasos. Quando a música diz “eu quero a sorte de um amor tranquilo” me soa como algo bom, mas é algo que nunca experimentei, eu sou feito de confusão e sentimentos.

Não busco a irresponsabilidade das palavras apaixonadas nem os clichês equivocados, ainda prefiro ser aquele que procura de todas as maneiras transformar os momentos inesquecíveis, aquele que se importa de verdade. Existem milhares de maneiras de lidar com as pessoas, eu tenho procurado sempre a que consegue ressaltar o que há de bom no outro. Talvez isso faça diferença no mundo, mas certamente melhora o mundo dos envolvidos.

Comentários

2 Comments

  • Avatar
    Nayara dezembro 6, 2019 (4:51 pm)

    Eu sei que existem pessoas que consegue alcançar as pessoas com as palavras e você, tenho certeza que é esse cara

  • Avatar
    dezembro 6, 2019 (11:54 pm)

    É maravilhoso ler seus textos e poesias, você sempre me toca profundamente com cada palavra.
    Acredito muito que a pessoa por trás disso tudo é uma pessoa do bem e que quer o bem.
    Por essas e outras, que te admiro e fico encantada.
    Sempre acredite em você!
    Você tem muito o que oferecer e é especial, só precisa se descobrir e encontrar quem consiga valorizar isso…

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.