Aquele sobre o que os anos me ensinaram

Se eu tivesse que dizer o que aprendi nesses anos em apenas uma palavra eu diria: Abraçar!

O abraço além de ajudar o cérebro a liberar substâncias químicas benéficas ao nosso organismo, ainda é uma ótima maneira de se comunicar com o próximo, ajuda a diminuir stress e ansiedade e sem dúvidas, transmite uma mensagem de amor e carinho para as pessoas que gostamos.

Além disso, durante esses anos eu aprendi sobre mais algumas outras coisas que não tem nenhuma base científica, apenas uma série de erros e acertos que me fizeram chegar até aqui.

Não se esqueça de sorrir. Alguns dias são maravilhosamente inesquecíveis, outros são cheios de escuridão, mas o sorriso, esse ajuda em todos eles. Sorria. Sorria sempre, contagie o mundo, problemas sempre existiram, e acredite, continuarão existindo até o fim da sua vida, os maiores problemas que enfrentei, apareceram enquanto eu não estava preocupado com nada, em uma tarde qualquer entre um café e outro. Então, sorria. Aproveite as oportunidades de ser feliz e de levar felicidade por onde você passar. Daqui a algum tempo, ninguém vai lembrar de você pelas noites que você passou em claro, mas com certeza muitas pessoas se lembrarão do seu sorriso, e ao lembrar, elas também vão sorrir.

Respeite as pessoas, aprenda a se respeitar, não se deixe contagiar pelo mundo lá fora. Ele sempre foi meio maluco, a diferença é que agora a informação chega de forma mais rápida até nós. Eu já sofri, meus pais já sofreram coisas que eu nunca vou sequer imaginar, você sofreu e ainda vai sofrer, isso nunca deu o direito a ninguém de tratar alguém mal. Respeite as dores dos outros e as suas, respeite os animais e a natureza. Respeite suas vontades, vai pro mundo, se divirta, ou fique em casa, tanto faz, você não precisa fazer nada contra a vontade só impressionar alguém. Dance na chuva se quiser, coma sorvete no café da manhã se quiser. Viva. Muita coisa acontece nessa aventura chamada vida, e no final de todos os dias, com a cabeça no travesseiro, só restarão você e seus pensamentos. Respeite eles também. Não minta, não aceite pessoas que precisam mentir para te manter por perto. Um dia você vai se dar conta do quanto o mundo tentou de machucar e vai sorrir sabendo que mesmo assim, você não usou isso para desrespeitar o coração de ninguém.

Aprenda. Aprenda o máximo que você puder, aprenda com suas conquistas e aprenda ainda mais com suas derrotas. Não se esqueça do bem que fizeram pra você, mas esqueça do mau. Até hoje eu não aprendi como fazer isso, mas ainda não desisti de tentar. Aprenda com sua família, ninguém no mundo vai te amar como eles amam, mesmo que eles tenham jeitos estranhos de demonstrar isso. Alguns pais ensinam com palavras, outros com atitudes, eles ensinam como sabem mesmo você não gostando do método, e você, certamente fará o mesmo com seus filhos, sabendo que eles também podem não gostar, e nessa hora, você vai implorar pelo colo de seus pais e por aqueles conselhos que tanto te irritavam. Aprenda observando, errado, acertando. Aprenda vivendo. Não se apegue a diplomas, conheci pessoas que tem alguns pelas paredes e até hoje não sabem o que querem fazer da vida. A vida ensina melhor do que qualquer faculdade.

Viaje. Viaje em ideias, em pessoas, viaje pelo mundo ou pelo seu bairro. A sua zona de conforto é maravilhosa, mas já pensou em tornar o mundo a sua zona de conforto? Uma vez eu li que viajar é questão de vontade e não de dinheiro. Você guarda dinheiro a vida toda para poder desfrutar de coisas que teriam te dado ainda mais prazer a 10 anos atrás. Aprenda uma nova língua, uma nova receita, uma nova forma de ver o mundo. Faça centenas de planos, realize os que tiver mais vontade. Se importe menos com o que vão pensar, como dizem, no fim, tá todo mundo meio perdido nesse mundo, se encontre em você e viaje por ai. Você não faz ideia do quanto é libertador colocar uma mochila nas costas e sair por ai sozinho. O mundo tem maravilhas para te apresentar, seja numa praia paradisíaca ou em uma montanha cheia de lama. Viajar te liberta. Você não se preocupa em manter aparências, se preocupa com vivências, com experiência. Tudo aquilo que os blogs de beleza te sugerem se perdem quando você está no meio de uma viagem e a chuva molha a sua última roupa limpa. Isso é libertador. Viaje, nem que seja sentado no sofá da sua casa, as melhores experiências que tive na vida começaram de uma ideia boba numa tarde qualquer e elas me levaram para uma vida que eu jamais pude sonhar em ter.

Ame. Ame de verdade, com o tempo você vai descobrir que quem te ama de verdade não te ama com palavras, te ama com atitudes. Ame sua família, seus amigos. Se apaixone muito. A cada término você vai achar que o mundo vai acabar, mas acredite, logo você vai descobrir a maior parte daquela dor toda estava só na sua cabeça. Amigos se vão, amigos ficam. Quando você estiver mais velho vai perceber que as pessoas mais importantes estarão ao seu lado independentemente de quanto tempo faz que vocês não se falam. Faça do amor a sua rotina. Você vai sofrer sim. Vai doer de vez em quando. Você vai conhecer pessoas e jurar amor para sempre e esquecer dela antes do próximo verão. Vai conhecer pessoas que te irritam profundamente e algumas dessas se tornarão pessoas importantes pra vida inteira. Respeite o amor que receber, retribua com o amor que tiver. Não faça jogos, quando você tem 20 anos isso pode parecer divertido, mas com o passar dos anos você vai entender como isso machuca o outro. Ame. Descubra o que você ama, pode ser livros, pode ser filmes ou apenas fazer jardinagem nos fundos da casa da sua avó. Descubra o que você ama e se dedique a isso, descubra quem você ama e dedique-se a eles também. Acredite, você não vai querer colocar a cabeça no travesseiro 15 anos depois e se arrepender de não ter seguido seu coração. Seu coração te ensina a amar, mesmo que seu cérebro insista em dizer não. O coração sempre vence.

Abrace muito, aperte as pessoas, seja lembrado pelo calor do seu abraço e pela energia que ele transmite, não pelas suas ideias rabugentas nos finais de festas com seus amigos. Todo mundo gosta de abraço, todo mundo precisa de abraço. Abrace pessoas, abrace oportunidades, abrace tudo e todos que te fizerem sorrir. O abraço vai te aproximar de pessoas e de experiências de vida. Cuidado com os conselhos que abraçar, eles podem parecer perfeitos, mas provavelmente não servirão para seja lá o que você estiver passando. Abrace muito e quando abraçar que seja forte e de coração, mais vale um abraço que aperta os ossos do que um simples aperto de mãos frio. As pessoas gostam de se conectar e mesmo aquele seu amigo mais carrancudo vai sorrir quando sentir o calor e a energia que um abraço transmite.

Então, se eu tivesse que dizer o que aprendi nesses anos em apenas uma palavra eu diria: Abraçar! Eu não sei muito sobre muitas coisas, mas o pouco que eu sei sobre o abraço, é que ele transforma vidas.

Comentários

3 Comments

  • Avatar
    Naay fevereiro 1, 2019 (12:48 pm)

    Eu agradeço por cada abraço recebido, e tenho certeza que o melhor foi o seu!
    você é incrível! nunca esqueça disso.

  • Avatar
    William Marçal Diniz maio 28, 2019 (3:07 am)

    Sem palavras… Tão você, tão eu! Mas isso eu sempre fiz… Abraços verdadeiros e de maneira que transmitisse o melhor de mim. E nesse embalo sobre o amor, e as decepções que nos deixaram a dor, são em abraços amigos e fraternos desses nossos que podemos encontrar mais amor, mais calor… A vida com mais sabor! Abração!

    • William Morais
      William Morais maio 28, 2019 (3:52 pm)

      É a vida sendo vivida né? Tamo junto meu brother

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.