• Aquele sobre se perdoar

Aquele sobre se perdoar

É na busca pela cura que você descobre que, sem se perdoar, fica difícil perdoar o outro. Algumas das pessoas em quem mais depositei amor, foram as pessoas que mais me machucaram, o que se pararmos pra pensar, é absolutamente normal, enfim, só nos desapontam pessoas que tem algum significado em nossas vidas.

Cada vez fica mais claro pra mim que nunca é falta de tempo, é sim falta de interesse. Ai você me fala: ah, mas teve aquela vez que eu não tinha o que fazer… Eu sei, eu tô falando sobre a regra, não sobre a exceção. Sim, escolhemos o tempo inteiro. Quando nos importamos com alguém de verdade, escolhemos o melhor para a relação. A decisão egoísta só acontece quando você está disposto a perder, você coloca na balança em fração de segundo, mesmo que de forma inconsciente, joga a moeda para o alto, esperando que o universo se encarregue de fazer com que ela caia do lado certo e que a relação não seja abalada. Conheci pessoas que juravam me amar, mas em todas as oportunidades que tiveram, escolheram arriscar, escolhendo esconder, mentir, manipular, esperando que um “me desculpe” pudesse consertar tudo. Com o tempo percebemos que quem realmente te ama, escolhe não precisar pedir perdão.

Existem dores que são cicatrizes e você vai precisar decidir qual o papel delas em sua vida, pois acredite, elas estarão lá toda vez que um novo sentimento aparecer, todas as vezes que alguém quiser visitar seu coração. Às vezes, para abrir o coração a alguém, é preciso ter força suficiente para suportar todas as dores do passado que insistem em se fazer presente. As nossas escolhas em confiar e as expectativas que mesmo quando não queremos, depositamos no outro, voltam com uma carga muito pesada, existe sim, a dor de sabe que o outro não nos corresponde, mas isso se acumula e um sistema onde passamos a nos sabotar, fazendo com que nenhuma decisão de confiar em alguém no futuro seja correta. Entramos em um modo de defesa eterno e numa busca de “porquês imaginários” e uma eterna busca do dono da culpa e é por aí, logo depois dessa fase que você entende que só existe um culpado, e acredite, é você.

Eu já amei e não fui correspondido, doeu. Eu amei e fui correspondido, porém sem saber, quando soube, já era tarde demais, doeu muito. Mas nada doeu tanto quanto ter um relacionamento tóxico, cheio de mentiras, dependência emocional e manipulações, cheio de “eu te amo” vazios e desesperados que hoje não inspiram nenhuma verdade, isso sim dói. Quando chegamos ao ponto de olhar pra isso tudo e conseguir entender nosso papel, a busca pelo perdão fica mais fácil. Abrir o coração se torna algo que passamos a considerar e apesar das dores diárias, fica mais fácil olhar para o futuro e aceitar que quem chegar não tem culpa nenhuma sobre o que aconteceu no passado. O passado é nossa melhor fonte de sabedoria, é de lá que nasce nosso futuro. Aprender que os sentimentos que já sentimos, nos ensina sobre o amor que aceitamos receber.

É na busca pela cura que você descobre que sem se perdoar, fica difícil perdoar o outro. É nessa busca que você entende no fundo do seu coração que erros e acertos não passam de atitudes que temos baseadas no que podemos oferecer uns aos outros hoje, baseadas no que nosso passado nos ensinou. Somos hoje um pouco do que seremos amanhã. Descobrimos que as dores continuarão lá e que melhor do que sofrer por elas, é sorrir por elas e que quando você aceita que ainda hoje, somos tão imperfeitos quanto éramos ontem e quanto seremos amanhã, você entende que se perdoar é o melhor caminho até o amor que você procura.

Comentários

4 Comments

  • Avatar
    Nayara Cristina maio 28, 2019 (2:02 am)

    Eu já li textos que me deixaram sem saber como elogiar e todos que eu estou me referindo eram seus! Esse é aquele texto que nós faz pensar acreditar e aceitar que existe perdão e podemos utilizar sem moderação, você é incrível e é o meu escritor preferido!

    • William Morais
      William Morais maio 28, 2019 (3:51 pm)

      Você é uma maravilhosa. Obrigado por todo apoio de sempre!!!

  • Avatar
    William Marçal Diniz maio 28, 2019 (2:44 am)

    Aquele que logo eu me identifico e sinto na alma. Tremenda reflexão do amor, suas nuances e de enorme inteligência emocional! E claro, resultado de um buscador do autoconhecimento. Parabéns!

    • William Morais
      William Morais maio 28, 2019 (3:52 pm)

      Valeu meu brother!!!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.