Deslizes

Houve um tempo em que ouvia de menos.
Vivi um tempo em que vi demais.
Falhei num tempo em que falei o que não devia.

Hoje, não falo, nem vejo, nem ouço.
Fugi de mim enquanto fingi ser outro.
Sou um morto vivo da amargura.
Retornar à vida será minha cura.

-Gabi Baltuilhe

Comentários

No Comments