Memórias

E lá estava eu, largada no tapete da sala. Olhando para minhas meias de corações escuros.. Na minha vitrola estava rolando um som das antigas. Não que eu seja de tal época, só curto uma ligação meio retrô.

Lembrei de tudo que tinha pra fazer, palestras, contas, filhos, compras, reuniões… E só conseguia ficar ali, olhando pro teto. Barriga pra cima, pensamento ao vento.

Na mesinha de centro uma garrafa vazia de um vinho qualquer! Aaaah, que delícia de vinho. Nunca pensei que seria um ótimo companheiro.

Já são 03h00 da manhã e o sono não vem, as preocupações chegam para me fazer crescer. São pensamentos que vão me reconstituindo, me fazendo lembrar de como cheguei até aqui, de como tudo foi criado, do quanto me dediquei.. Me sinto cansada e eufórica.

Só de pensar que amanhã terei tudo outra vez e de como eu quero outra vez!

Nesse instante, me deixe aqui. Eu sei da onde eu vim, também sei onde quero chegar. Agora, só me traga uma outra garrafa e deixe esse som tocar…

Comentários
Gabi Baltuilhe
Educadora por formação e por intuição. Corinthiana, acelerada, aquariana da racha. Apaixonada por letras, teatro, sol e sorrisos. Aproveita a vida e devaneia com as suas escolhas!

No Comments