Saudade

Saudade é como um estado vegetativo do coração. Ele não age normalmente, fica com um enorme vazio de algo ou alguém… E como superar ? Saudades da vida, do corpo, das palavras. Saudade de uma bobeira sem o menor sentido que sabia que estava ali pra te fazer bem. Também pudera, há pessoas que existem para surpreender o meu ego e crescer minha alma, que cuida e luta junto. Saber que está sempre a postos, com os dedos engatilhados e a língua pronta pra falar o der e vier. Saudade de sorrisos, gargalhadas e desabafos atras de uma tela computadorizada, de alguém que estava ali o tempo todo e só ganhou quando estava longe. Sinestesia magnética imaginária que completa a felicidade, ou seja, amigo.

– Gabi Baltuilhe

Comentários

No Comments