Serpentinas

Ah, menina faceira
Me diz que não queira saber
Que seus olhos me encantam
Seus lábios dizem me querer

Pulando, cantando, suando
Corpo colado de brilho
Eu sonho casando, com filho
E, apenas te vi uma vez!

Menina faceira, faz carnaval no meu coração
Desfila na avenida
Sorria, só ria!
Que os nossos olhares já sumiram na multidão.
Quem sabe no próximo ano, te encontro de novo em mais um folião

Foi amor passageiro
Sussurro sem beijo final
Espero mais uma menina que vou me apaixonar nesse carnaval.

Comentários
Gabi Baltuilhe
Educadora por formação e por intuição. Corinthiana, acelerada, aquariana da racha. Apaixonada por letras, teatro, sol e sorrisos. Aproveita a vida e devaneia com as suas escolhas!

No Comments