Todo mundo é meio Cris

Meio assim, meio Cris.

Daquele jeito que quando tem crise de riso joga a cabeça pra trás e bate a mão na mesa. Que quando algo chateia fala baixo e meio manso, quase coloca a cabeça em suas mãos pedindo um cafuné. Meio Cris, meio atrapalhada..

De um jeito quando recebe uma cantada em meio uma conversa avulsa, abaixa a cabeça e segura um sorriso enquanto coloca o cabelo atrás da orelha. Mas pode ser meio Crys, com Y mesmo. Bem enfeitado e colorido.

As vezes somos Cris com crise, uma piada de mal gosto que logo recebe uma piscada de olho tão pesada que mais parece uma metralhadora. Esse olhar vem acompanhado de um “Oi, desculpa? Acho que não entendi.”

Mas podem ou podemos ser um Cris de acreditar, em algo maior que já vimos, uma batalha que parece não ter fim, mas tem um fim meio..

Meio assim, meio Cris. Com amor, pra você.

– Gabi Baltuilhe

Comentários
Gabi Baltuilhe
Educadora por formação e por intuição. Corinthiana, acelerada, aquariana da racha. Apaixonada por letras, teatro, sol e sorrisos. Aproveita a vida e devaneia com as suas escolhas!

No Comments