Aquele sobre quando tudo melhora

Sim, tudo melhora. Às vezes passamos muito tempo sentindo “o peso”, do passado, do presente, das obrigações e das emoções, lutando contra nós mesmos, procurando em nós uma forma de enfrentar batalhas que às vezes nem existem. Caímos nas armadilhas das emoções, da mente e do coração, supervalorizando tudo e todos, nos sentindo incapazes de lidar com tudo. Sabe qual é a parte menos sufocante de tudo? Chega um momento em que simplesmente nos damos conta de que nada disso é necessário para que fiquemos bem. Sim, existem problemas sérios que merecem atenção e preocupação, mas como diz o ditado, se o problema tem solução, não tem com o que se preocupar, se o problema não tem solução, não tem com o que se preocupar. É batido né? Mas, não é que é verdade?

Procuramos em nós as causas para tudo, a cabeça se perde em um espiral de pensamentos que nos levam para baixo com uma velocidade digna de montanhas russas das mais assustadoras. Procuramos respostas em tudo, sinais do universo, livros, filmes, histórias de amigos, rezamos orações que nem sabemos se acreditamos, quando na verdade precisamos deixar ir tudo que nos faz mal. Uma boa faxina emocional faz milagres. É difícil? Sim! É impossível? Não! Tem tristeza, tem depressão, cobrança interna, da sociedade e da família, temos sim, todos os motivos para acreditar que essa é a pior das situações. Todos a nossa volta tem uma receita que funciona, é tipo gripe, todo mundo conhece um remédio infalível, mas sabe o que acontece? Todo mundo fica gripado vez ou outra e está tudo bem. Ficar triste, é assim, e também tá tudo bem. Não suportar o peso do mundo, tá tudo bem. Vamos partir do princípio que temos nossas coisas para resolver, nossos sonhos para realizar e temos cada dose de felicidade diária que pode durar um minuto ou algumas horas. Esse é o foco, se deixe contagiar pelas coisas boas.

Nos últimos anos tenho lutado contra tudo em mim, contra me sentir infeliz, contra ser feliz, me sabotando em tudo. Alternando entre tempos felizes e depressão, e descobri que isso também é normal, mas uma coisa eu não deixei de fazer, aprender sobre mim, observar minhas reações, meus padrões de comportamento e não pense que essa observação me priva de sofrimentos, e nem é esse o intuito, eu sofro aprendendo, aprendo sofrendo, choro, grito, desabafo e dou risada, intenso, exagerado, triste e feliz com a mesma intensidade, sem desistir da coisa mais importante da minha vida, sem desistir de mim.

Conheci pessoas com uma energia que eu julgava péssima, mas que quando eu precisei, esteve ao meu lado, conheci pessoas com energia maravilhosa, que não pensaram duas vezes em me enganar. E acredite, sobre tudo isso, também tá tudo bem. Estamos todos meio ferrados né? Quem sou eu pra fazer juízo de caráter, cada um te dá o que pode. Tem pessoas que só tem amor, e não importa a dor que sentem, te dão amor. Tem pessoas que são abusivas e não importa a felicidade que estão sentindo, elas serão abusivas com você. O que tem de errado nisso? Nada. Errado é aceitar isso, é achar que é isso que você merece e que não tem forças para sair. Você é sim forte, muito mais do que imagina. Mais do que qualquer sombra de dúvidas em você possa negar. Você é forte o suficiente para assumir as rédeas dos seus dias, não tô falando que a felicidade está ali na esquina, eu estaria mentindo, a felicidade está em você. Durma e acorde orgulhoso de suas batalhas, de cada dor em seu coração e de cada sorriso, você está vivendo a melhor experiência de aprendizado que poderia sonhar algo que ninguém no mundo poderia te oferecer. Viva para fazer o bem, seja o seu bem e isso vai afetar todos ao seu redor.

Sim, tudo melhora. Às vezes passamos muito tempo sentindo “o peso” e esse peso é totalmente desnecessário, quem está com você, estará amanhã, se não estiver, tudo bem, a nossa caminhada é longa e cheia de novas aventuras, bons ventos estão sempre prontos para soprar sua alma. Se conecte com o universo e sinta essa energia em você. O mundo precisa de pessoas que sorriem com o coração, já tem muita gente por aí pensando em coisas ruins, escolha o tipo de pessoa que deseja ser e abrace isso com toda a sua alma e sorria, a felicidade sempre vai te sorrir de volta.

Comentários
William Morais
Publicitário, quase cineasta e metido a escritor de SP. Aquariano com ascendente em Gêmeos. Romântico crônico e apaixonado por me apaixonar. Entre um café e um seriado nasce um Devaneio que vem direto correndo pra cá.

1 Comment

  • Diane Biiianco Maio 21, 2018 (7:32 pm)

    Quero ler isso todos os dias, você é maravilhoso !